Cultura, Esporte, Lazer e Turismo

Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo – A Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo trabalha na promoção, resgate e preservação das manifestações culturais do município.

A cultura é um dos maiores legados de São Desidério. Algumas tradições resistem há mais de meio século, como a Festa de Santa Cruz e Romaria Ecológica de São Sebastião, principalmente, os festejos da Padroeira da Cidade e do Divino Espírito Santo, em torno dos quais, está à base da história do Município.

Lei Municipal nº 011/2008 de 12 de dezembro de 2008

Praça Abelardo Alencar, Prédio 1º Piso, Centro

CEP: 47.820-000,

São Desidério – BA

cultura@saodesiderio.ba.gov.br

Secretário: Josivaldo Silva Oliveira

Currículo: Josivaldo Silva Oliveira, nascido em 08 de dezembro de 1967 no município de Feira de Santana – BA. Desde 1986 reside em São Desidério, onde formou família. É casado e pai de dois filhos. Formado em Magistério na Escola Assis Chateaubriand. É tecnólogo em Pontes e Estradas pela Escola Técnica Federal da Bahia. Estudou Composição e Regência na Escola de Música da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Músico, cantor, compositor, produtor musical, ex integrante da gravadora GEMA, passou por diversas bandas da Bahia, formou ainda a extinta banda, Forró Levanta Poeira.

A Assessoria Técnica da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo criada em 2004 de acordo com a reestruturação administrativa de 10 de dezembro de 2004, tem por finalidade elaborar projetos, celebrar acordos, convênios, programas e projetos em parcerias com entidades público/privada, pessoa física ou jurídica, voltados para as áreas esportivas, turísticas, culturais  e lazer

Assessora Técnica: Ana Cristina Batista dos Santos

O Departamento de Cultura foi criado em 2000 e permaneceu atrelado à Secretaria de Meio Ambiente e Turismo por oito anos. Como parte da Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, o departamento de Cultura, trabalha no sentido de promover as manifestações culturais.

Diretora: Greyce de Carvalho Pereira Sodré

O município é também dotado de espaços recreativos e desportivos que permitem o desenvolvimento de várias modalidades esportivas. O Departamento de Esporte, que tem como busca entre suas principais atribuições, a elevação do nível técnico, por meio da realização de competições, campeonatos e jogos abertos no município.

Diretor: Alex Daniel Soares

Tem entre suas principais finalidades, divulgar o turismo municipal utilizando-se de meios e dispositivos internos e externos. O diagnóstico das potencialidades turísticas do município também faz parte das funções do setor.

Diretor: Juscelino Ferreira

Criado pela Lei nº 014/2009 de 05 de outubro de 2009 o Conselho Municipal de Cultura, é um órgão consultivo e deliberativo, vinculado à Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de caráter permanente, com a finalidade de formular políticas públicas e implementar ações destinadas ao fortalecimento da atividade Cultural no município. O Conselho Municipal de Cultura é constituído de 12 (doze) membros efetivos.

Ambiente de localização centralizada com estrutura para acolher 200 pessoas, destinado a realização de eventos culturais e de lazer para a comunidade. O nome é uma homenagem a um importante incentivador da política do município. O Centro Cultural Celso Barbosa está situado à Rua Dr. Valério de Brito.

Inaugurado em 22 de fevereiro de 2012 na passagem dos 50 anos de emancipação política de São Desidério, o Museu Municipal Olavo Pereira dos Santos, está situado à Rua Ministro Antonio Balbino. A sede do museu é uma casa construída em 1943, e recebeu esse nome em homenagem ao primeiro presidente da Câmara Legislativa de São Desidério, que foi seu primeiro proprietário.

Em 07 de outubro de 1963 o prefeito de São Desidério, Abelardo Alencar, apresentou aos vereadores um convênio firmado entre Prefeitura e Instituto Nacional do Livro (INL), para implantação e manutenção de uma Biblioteca pública no município. A Biblioteca foi registrada sob o número 2733 conferido pela Coordenação do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas e durante muito tempo funcionou em locais improvisados do município, até que em 19 de setembro de 1995, foi inaugurada sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Educação. A Biblioteca recebeu o nome de Dom Ricardo Weberberger em homenagem ao primeiro bispo da Diocese de Barreiras, tendo a sede localizada à Praça Juarez de Souza, Nº 50, no centro da cidade. Desde julho de 2012 está vinculada à Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer. Em março de 2013 foi assinado um Convênio de Cooperação Técnica com a Fundação Pedro Calmon (Centro de Memória e Arquivo Público da Bahia), órgão que implementa as Bibliotecas Públicas da Bahia. A Biblioteca se constitui em um patrimônio público cultural, oficializada pela Lei Nº 016 de 29 de novembro de 2013. O incentivo à leitura é um dos principais objetivos por meio da realização de importantes projetos, a exemplo do Clube da Leitura, Baú da Leitura, Café Literário, Clubinho da Leitura, Contação de Histórias, e ações culturais como Sebos, Recitais de Poesias, A hora do conto, entre outros.

Com uma área total de 26.950 m² o Coliseu da Paz possui a maior estrutura para shows do oeste da Bahia. É o local apropriado para a realização de eventos de grande porte, a exemplo da Festa da Paz, o maior evento musical do oeste baiano. Localizado na saída para Barreiras tem capacidade para acolher 40 mil pessoas com dois módulos de sanitários construídos, com capacidade para atender 64 pessoas, incluindo 08 para portadores de necessidades especiais. Chiclete com Banana fez o show inaugural do Coliseu em 15 de setembro de 2003. Outras a atrações de renome nacional já se apresentaram no Coliseu da Paz, como Asa de Águia, Ivete Sangalo, Zezé de Camargo e Luciano, Mastruz com leite, Magníficos, Raça Negra, Margarete Menezes, Biquini Cavadão, Parangolé, Harmonia do Samba, Rio Negro e Solimões e Teodoro e Sampaio.

Foi inaugurado em 1º de janeiro de 2009 e recebeu este nome em homenagem a um dos principais incentivadores do voleibol de São Desidério. Com capacidade para 1.500 pessoas, sanitários, vestiários e lanchonete, o ginásio tem estrutura para a prática de vôlei, basquete e futsal. Está localizado à Avenida ACM, no bairro Tangará, ao lado do Estádio Municipal.

Construído na gestão do prefeito José Fernandes de Santana e entregue em 19 de setembro de 1992, o Estádio Municipal passou por completa reestruturação e foi reinaugurado em 12 de junho de 2011, marcado por um amistoso entre a seleção saodesiderense e o time de veteranos campeões do futebol brasileiro, com destaque para Junior Baiano, Viola, Leandro Ávila, Donizete e Sorato da Seleção Brasileira de Masters. A estrutura do estádio compreende um túnel que conecta o gramado ao vestiário, um placar eletrônico, um painel para informar as substituições em campo, um moderno sistema de iluminação e de irrigação e uma maca móvel. A imprensa tem uma cabine de onde os jogos podem ser transmitidos ao vivo e os torcedores contam com um bar para fornecimento de bebidas e lanches e as arquibancadas têm capacidade para cerca de cinco mil pessoas. A estrutura apresenta acessibilidade a pessoas portadoras de deficiências. O nome do estádio homenageia um dos principais incentivadores da prática do futebol no município. Ocival Rodrigues de Souza era um destaque em campo pelo seu desempenho e a vontade em ver o futebol de São Desidério se destacar fez com que ele fosse um dos fundadores do time Independente Sport Club, do qual foi presidente por muitos anos.