São Desidério ultrapassa a média nacional de acompanhamento da agenda de saúde às famílias

São Desidério recebeu do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) o relatório do Programa Bolsa Família e Cadastro Único, no qual aponta que o município está acima da média nacional de acompanhamento da agenda da saúde. Mais de 2.765 famílias foram acompanhadas no último semestre que corresponde a um total de 93,98%. A média nacional de acompanhamento na saúde é de 72,76%.

Esse levantamento é realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Social- MDS que visa acompanhar a agenda de saúde para aquelas famílias que possuem crianças de até 7 anos e mulheres gestantes. “Para manter esse desempenho, a equipe da gestão municipal do PBF pode realizar ações de orientações às famílias para que informem que são beneficiárias do PBF quando forem atendidas na rede de saúde e para que atualizem o Cadastro único quando mudarem de endereço”, disse a coordenadora da Atenção Básica, Tatiane Rodrigues.

Para a secretária de Assistência Social, Vandréia Mendes, “Também é importante se planejar ações periódicas de busca ativa de famílias não acompanhadas pela saúde, organizar para registrar mensalmente as informações sobre as gestantes identificadas. Nós trabalhamos sempre com muito carinho e dedicação para manter a justiça social”, finalizou.

“As informações de descumprimento das condicionalidades de saúde e de situação nutricional das famílias devem servir de base para articulação intersetorial entre educação, assistência social e saúde, para que atuem de forma integrada na superação de eventuais vulnerabilidades enfrentadas pelas famílias”, concluiu o gestor do CAD Único e Bolsa Família, Edvaldo Pereira.

Texto: Diego Souza
Foto: Divulgação

  • Compartilhe: