Cultura e religiosidade marcam festejos de Nossa Senhora Aparecida e do Divino Espírito Santo em São Desidério

Os festejos de setembro em São Desidério nasceram com a maior manifestação cultural do município, a festa da Padroeira Nossa Senhora Aparecida, dia 19 de setembro e do Divino Espírito Santo, dia 20. Muita fé, esperança e alegria marcaram as Missas solenes. Na segunda-feira, em comemoração à padroeira do município, a Missa foi presidida pelo Bispo da Diocese de Barreiras, Dom Moacir e na terça-feira celebrada pelo Pároco Pedro Felipe.

“A mãe de Jesus é um exemplo para nós, que possamos amar igual a Maria, um amor gratuito e generoso que serve a Deus e aos irmãos, que a força do Espírito Santo possa renovar a nossa fé para que sejamos anunciadores da palavra de Deus aos irmãos”, frisou Dom Moacir.

Centenas de fiéis da região e de outros estados participaram dos festejos. “Estamos muito felizes em realizar estas festas tão importantes para nossa cidade, agradecemos a participação de cada pessoa, juízes, pastorais, convidados, visitantes, prefeitura, enfim todos que participam deste momento tão bonito”, disse o Padre da cidade, Paulo Sérgio.

Os novos representantes para os festejos de 2023 já foram sorteados e a partir de agora darão início ao trabalho de evangelização e continuação destas tradições do município. O prefeito Zé Carlos participou da programação e falou sobre a importância dos festejos. “As missas da Padroeira e do Divino são um marco na história do nosso município, além de serem a origem dos festejos de setembro, se tornaram um símbolo de fé e tradição, estamos muito felizes em apoiar e participar deste momento”, destacou.

Ascom SD

  • Compartilhe: