Prefeitura de São Desidério promove neste mês diversas ações em alusão ao Novembro Azul

Durante todo o mês de novembro, a Prefeitura por meio da Secretaria de Saúde promoverá nos Postos de Saúde do município diversas atividades com o objetivo de alertar os homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas. A iniciativa faz parte da campanha ‘Novembro Azul’, que será desenvolvida por meio de palestras, salas de espera, distribuição de material informativo, testes e exames para diagnóstico da diabetes, hipertensão, consultas sobre saúde mental, prevenção e testes rápidos para doenças transmissíveis, consultas e exames com urologista e exames.

A abertura da programação da campanha ‘Novembro Azul’ foi realizada nesta sexta-feira, 10 com uma palestra mediada pela médica clínica geral, Adele Nóbrega, no Posto de Saúde Antônio Pereira da Rocha. “A incidência do câncer de próstata é muito maior que a do câncer de mama, porém, o assunto muitas vezes não é tratado como a devida atenção pelo homem. Existe um grande preconceito pelos homens, principalmente em razão da realização do exame clínico (toque retal), por isso, muitos preferem não procurar o urologista, fazendo que o diagnóstico seja realizado tardiamente”, explicou a médica.

A rede de saúde já conta com médico urologista e realiza consultas e exames antígeno prostático específico (TSA). “Desde que assumimos esta gestão que temos a preocupação em cuidar da saúde masculina, e desde então contratamos o médico urologista, pois há muitos casos no município. E para alertar ainda mais, durante todo mês de novembro e meados de dezembro as atenções serão voltados para este público, onde serão distribuídos materiais educativos, realização de palestras nos postos de saúde, consultas com urologista e além de todo trabalho assistencial que já oferece continuamente á saúde do homem”, disse o secretário de saúde, Zé Barbosa.

Segundo a coordenadora de Atenção Básica do município, Tatiane Rodrigues, a recomendação da realização desses exames depende da avaliação do médico. “Normalmente é recomendado que eles sejam feitos a partir dos 50 anos de idade. Em pacientes que apresentam histórico familiar desse tipo de câncer, a recomendação é que os exames sejam feitos a partir dos 45. A prevenção e os cuidados com a saúde devem começar cedo, quando o diagnóstico é precoce, as chances de cura são bem maiores” frisou a coordenadora da Atenção Básica do município, Tatiane Rodrigues.

Cronograma da campanha em todo o município – Na tarde desta sexta-feira, 10 foi realizada uma palestra no posto de saúde do distrito de Sítio Grande. No dia 17 acontecerá no distrito de Roda Velha. Em 22 no povoado de Almas e Ilha do Vítor. Dia 01 de dezembro em Sítio Novo e Vila Nova. Nas comunidades de Campo Grande e Guará será no dia 08, Ponte de Mateus em 15 de dezembro e no dia 22 no Centro de Saúde e na Unidade de Saúde Otacílio Jesuíno de Oliveira, ambos na sede.

Texto: Diego Souza
Fotos: Rodney Martins/ Diego Souza

  • Compartilhe: